quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Advogado Empresarial assume novo papel nas Organizações

Antigamente a figura do advogado só era vista nas reuniões de gestão, quando um problema ou uma crise já estava em andamento. Hoje é muito diferente. Com a nova realidade econômica brasileira, o profissional passou a ser aproveitado em novas demandas nas organizações.
Segundo o diretor jurídico da ToyoSetal, especialista em Direito Empresarial, Talles Franco Giaretta, atualmente o advogado está envolvido em questões complexas. “Neste novo cenário, se tornou fundamental e obrigatório nas empresas a presença do executivo do direito, munido de visão de negócios, conhecimento de legislação, experiência na negociação e elaboração de grandes contratos”.
Na avaliação de Giaretta, o advogado transformou-se em um gestor que se envolve em todas as etapas de um negócio, passando assim, a ter função primordial no desenvolvimento estratégico e nos rumos da empresa. Em sua trajetória dentro de uma organização o advogado tem a oportunidade de acompanhar um tema desde o seu nascimento, participando das fases de planejamento e contratação. “Com o diferencial de conhecer também os bastidores, ou seja, as leis”.
O especialista em direito empresarial acredita que em um discurso, ou declaração, este profissional dificilmente cometerá deslizes, “verdadeiros pesadelos na era da informação, para qualquer acionista, que muitas vezes vê a imagem da corporação ser comprometida por uma declaração infeliz”.

Fonte: Infomoney - Gente e Mercado